«

»

out 13

Missa Festiva em Homenagem a Maria, Nossa Senhora Aparecida”

001Hoje, 12 de outubro, ficou mais uma vez comprovado o amor dos dorenses e visitantes das cidades circunvizinhas por Maria, ao superlotar a Quadra de Esporte do Dorense Clube, uma vez que o espaço físico da Matriz Nossa Senhora das Dores impossibilita tamanha concentração de fiéis. A Missa Festiva em homenagem a Maria se conceituou como “pro populo” (para o povo), quando, após homilia, os fiéis puderam conceituar sua fé, através dos atos concretos, que obtiveram curas, a través dos depoimentos, emocionantes, relatados pelas Sras.: Beth, Mara, Irene, Gessy e dos jovens: Jhemerson e Deivid. Como se houvesse um íntimo acordo, todos os depoentes renderam graças à Maria, pois identificaram nela a pontifícia, para se chegar a Jesus, pois Este, como se pode comprovar na belíssima e profunda obra de São Luis Maria Grignion de Montfort : “Tratado da Verdadeira Devoção à Virgem Maria”, onde o mesmo atesta, veementemente, era dependente de Maria.

017018

019022

020021

Haja vista nas bodas de Caná, Evangelho de João 2,1-11, quando é relatado que Maria lembrou Jesus da sua missão, ao propor que ele transubstanciasse a água em vinho, mediante a falta desde na festa. Lembrando um pouco dessa belíssima obra, que todos os católicos deveriam ler, São Luiz assevera que Maria é o pescoço de Deus (collum Dei), isto é: Deus é a ciência suprema de todas as coisas, e Maria o pescoço que liga tal inteligência, governante, a todos os membros. Enfim ele afirma que Deus, sempre teve uma intimidade com Maria, pois a mesma O pertenceu pela graça, não pelo direito como todos nós.

É importante que saibamos que nossa formação é, totalmente, Mariana, pois foi, através Dela, que conhecemos Jesus o salvador, não através dos Evangelhos narrados na Bíblia, que ora conhecemos e manuseamos. Através de tantas Marias, em uma única Maria, chegamos a Jesus, ao Pai e hoje com o pseudônimo de Aparecida, a negra, em função do processo escravagista do passado ela se tornou a padroeira dessa Terra Morena, tão bem exaltada em tantas canções.

038Uma vez que Maria, Senhora Aparecida, foi coroada por diversos casais, que representavam a comunidade dorense, o Corpo de Deus, através da Hóstia Consagrada, foi soerguido pelas mãos de Pe. Paulo Marcelo e permitido ser tocado pelas mãos, de todos os fiéis, que lá estavam, ao som de Jesus Cristo (de Roberto Carlos).

054Obrigado ao Pe. Paulo Marcelo que nos presenteou e nos permitiu expressar a fé em Maria, Senhora Aparecida, nossa Mãe do céu, morena!

Amém.

Texto por João Bosco de Melo – PASCOM

Fotos por Nairon Neri Silva-  PASCOM

Dores de Campos, 12 de outubro de 2012

1 comentário

  1. Rosaria morais

    Noite maravilhosa de bençãos curas e libertação.
    Obrigada Jesus,obrigada mãe Aparecida por está sempre a nossa frente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>