«

»

set 30

1º Viver Vicentino

001Aconteceu nesse último domingo, mais precisamente no dia 27 de setembro, do corrente ano, o Encontro de Vicentinos denominado como “1º Viver Vicentino com o tema: Ser Vicentino é mergulhar-se no amor ao próximo” realizado pelo Conselho Metropolitano de Barbacena no ginásio poliesportivo do Instituto Federal de Barbacena, também conhecido por Escola Agrícola, quando na ocasião foi reacendido o espírito altruísta que deve nortear os trabalhos da Sociedade de São Vicente de Paulo e homenageado dia de seu patrono: São Vicente de Paulo.

As atividades foram iniciadas pelo confrade e presidente do Conselho Metropolitano de Barbacena: Carlos Eduardo Vital, que agradeceu a presença de mais de 1.400 vicentinos, representando Conselhos Centrais: Carandai. Nossa senhora do Pilar, Barbacena, Nossa Senhora Assunção, Lavras, Dicino Espírito Santo, São Sebastião da Vitória e São João del Rei; pelos muitos Conselhos Particulares e Conferências. Em seguida Concedeu a palavra à consócia Neuzinha, Vice-Presidente do Conselho Nacional da Sociedade São Vicente de Paulo, que se ateve em explicitar o propósito da Sociedade, que é a de mergulhar fundo no amor ao próximo e resgatá-lo de suas misérias, através da promoção humana/social. Em seguida apresentou-se um grupo de meninas bailarinas na pretensão, com os seus movimentos, de acordarem as possíveis conferências da estagnação e morte. Dando sequência foram homenageadas 12 conferências com mais de 100 anos de caminhada, sendo que a mais antiga ficou a cargo da Conferência Nossa Senhora do Pilar, de São João del Rei, com 141 anos (informado que foi a 3ª do Brasil, sendo que a 1º foi no Rio de Janeiro e a 2ª na Bahia), valendo ressaltar que as duas conferências centenárias de Dores de Campos: Nossa Senhora das Dores e Santo Antônio, não foram citadas.

Antes de iniciar a Missa Festiva celebrada pelo Pe. Orlando Abreu, que de forma emocionante pontilhou todos os critérios humanista que envolve a Sociedade de São Vicente de Paulo, houve uma procissão dos muitos confrades e consocias que lá estavam a carregarem faixas, contendo nas mesmas mensagens, para formatar um enorme tapete, com a pretensão de informar que de retalhos em retalhos, iniciativas e iniciativas poderemos tornar um mundo mais humano, quando tudo poderá ser comum a todos. Foi um bom encontro. Em tempo vale informar que o Confrade Raimundo, presidente do Conselho Particular São Vicente de Paulo conseguiu arrebanhar para o evento 28 vicentinos (confrades e consocias). Vale, também, ressaltar a presença da excelente banda: Sagrada e o excelente Coral, que participou da Missa.

Obrigado São Vicente de Paulo que, através do Seu testemunho de vida orientou o Beato Antonio Frederico Ozanam a fundar essa bela obra, que difundida por todo o mundo tem o propósito sagrado de ajudar a todos, que se encontram em uma situação de penúria.

Amém.

Por João Bosco de Melo – PASCOM

Dores de Campos, 29 de setembro de 2015

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>