«

»

mar 02

Celebração de Envio dos Catequistas

Domingo, 01 de março de 2009, às 10:00 h aconteceu na Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores dentro do Sacrifício da Santa Missa a Celebração de Envio dos Catequistas, uma vez que conjuntamente com a Quaresma se inicia mais um ano de Evangelização dos mesmos com os catequizandos.

Iniciou-se com uma procissão dos catequistas, levando consigo as ferramentas de seu trabalho (Bíblia, CD’s, DVD’s, revistas, folder) para que o Pe. Paulo as abençoasse. Na Homilia o mesmo realçou o compromisso árduo de evangelizar, de criar a disposição nos catequizandos em entender os desígnios do Pai, para tanto realçou através das leituras o tempo de quarenta dias (Gn 9,8-15/ 1Pd 3,18-22/ Mc 1,12-15), para que através das reflexões haja a conversão e o crescimento espiritual, tanto que na cabala judaica (Kabbalah= tradição) tal numeral é um espaço de tempo para tentar esclarecer indagações metafísicas sobre Deus, portanto a penitência que Noé teve ao construir a Arca, o transformou em um homem de Deus, Jesus no deserto não se sucumbiu ante as tentações. Dito isto ficou fácil de entender o trabalho árduo da lapidação que os catequistas têm pela frente, pois ensinar o Evangelho não é tarefa fácil, principalmente em um mundo onde tudo incorre na banalização das coisas de Deus e na vulnerabilidade das coisas ruins que o mundo propõe.

No final o Padre entregou a Bíblia e sinalizou na consciência de cada o caminho das intenções nobres e difíceis a que eles terão de percorrer.

Padre fala:

__Como símbolo da sua Missão, receba o livro da Sagrada Escritura, que contém a palavra de Deus, fonte de Catequese. Escuta com abertura de alma toda a palavra que sai da boca de Deus. Acolha de coração bem disposto tudo que ela contém. Deixe, sobretudo, que Jesus entre em sua casa, como entrou na casa de Zaqueu, e em sua vida, como na vida de Paulo. Viva esta palavra e ensine a outros a viverem, também. Experimente o que você ouviu. Creia no que você recebeu. Ensine o que você experimentou. Aprenda com os catequizando e nunca canse de buscar, porque o Senhor é inesgotável em seu mistério e incansável em seu amor por nós. Tome em suas mãos a Palavra e leve-a a seus irmãos e irmãs. Amém

Apesar do calor, todo o cerimonial ocorreu de modo simples, profundo, disciplinar como devem ser as coisas de Deus.

João Bosco de Melo

Dores de Campos, 01 de março de 2009.

PASCOM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>