«

»

ago 09

Agosto mês de luzes

Muitos, aqui em Dores de Campos, sugerem que o mês de agosto é o mês do desgosto, as noivas, até bem pouco tempo não casavam, temerosas por maus agouros, mas hoje sabemos que tal boato tornou-se um ledo engano, pois através dos discursos proficientes do Pe. Paulo e dos demais, que pela nossa paróquia passaram, tal crendice perdeu a razão de ser. Hoje sabemos que no calendário Católico agosto é datado de datas importantíssimas, datas das luzes que nos apontam o caminho a seguir, luzes estas que brilharam nas intenções de pessoas simples, como: São João Maria Vianney, que despojado de qualquer possibilidade de forjar discursos condizente com a mensagem de Cristo, de pastorear um rebanho, de guiar consciências, insistiu e conseguiu através de sua postura simples, verdadeira ser o norte de todo o corpo religioso de nossa Igreja. De pedra rejeitada tornou-se pedra angular, o patrono dos Padres, o Cura D’ars.

Prosseguindo o caminho das luzes, temos Maria, a Mãe Santíssima, que no seu silêncio, na sua postura discreta, no seu sim obediente fez tornar possível todas as profecias proclamadas no Antigo Testamento, dando-nos Jesus Cristo, que rasgou o Véu do Templo, nos aproximando de Deus. E por seu mérito foi assuntada aos Céus em corpo e alma.

Prosseguindo temos o Dia dos Pais, aquele que sem qualquer discurso acadêmico, mas com um amor responsável consegue delinear seus filhos/rebanho para o caminho do bem, para a fabricação do produto proclamado por Deus: o amor, a Paz.

Prosseguindo temos a Semana da Família tão bem delineada por um homem de consciência religiosa responsável, Wellington Sebastião Arruda, que procura com sua equipe forjar conceitos para a família, tão dilapidada pelo modernismo inconseqüente.

Prosseguindo temos a comemoração dos 10 anos da Pastoral da Criança, movimento que pela tutela de Nossa Senhora preconiza: …Para que todos tenham vida, e a tenham em abundância.

E finalmente temos a Confraternização dos Paroquianos no alto do morro, na Igreja de Nossa Senhora do Livramento, iluminados no sacrifício da Santa Missa, em comemoração aos 100 anos de nossa paróquia: Nossa Senhora das Dores, guiada pelo nosso pastor Pe. Paulo Marcelo Daher Gomes Filho.

P/ João Bosco de Melo

Dores de Campos, 06 de agosto de 2010.

Pascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>