«

»

nov 23

A Primeira Eucaristia

 

 

Manhã de domingo datado de 21 de novembro de 2010, o entusiasmo tomou conta de 107 crianças de nossa, querida, Dores de Campos pelo grande 2º Acontecimento que irá norteá-las, para todo o sempre de suas vidas: A primeira Comunhão, uma vez que já é sabido que o 1º é o Batismo (a apresentação).

O acontecimento, animado pela Corporação Musical São Sebastião, começou com todos os catequizandos em procissão, iniciada, na Igreja de Nossa Senhora do Rosário em direção à Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores, sempre, supervisionados pelos catequistas e pelo Pe. Paulo Marcelo, que a todos os instantes, carinhosamente, fazia-lhes um gracejo, atrapalhava-lhes os cabelos e indagava: Você já cometeu algum pecado depois da confissão?… (risos). De quando em quando os catequizandos, em quarteto, eram convidadas a carregar o andor com a imagem do Menino Jesus e os pais, das mesmas, a carregarem o andor com a imagem de São Tarcisio (Coroinha e mártir que viveu em Roma no ano 258) patrono dos Acólitos e Ministros Extraordinários da Eucaristia, portanto, também, da Primeira Comunhão.

Ao adentrarem pela nave da Matriz, todos se acondicionaram aos seus lugares, com risos e brincadeiras, esperando pelo sacrifício da Santa Missa, uma vez que é impossível reter a alegria e espontaneidade, das crianças. Em seguida a palavra levada em procissão pelas crianças foi entronizada e o risonho Pe. Paulo Marcelo começa a Celebração, sempre pontilhada com belas canções, executadas, pelo Coro da Catequese.

De maneira didaticamente inteligente o Pe. Paulo Marcelo explicou o Evangelho Jo 6, 35-48, exaltando que o momento se aproxima, no qual todos serão alimentados pelo Pão e Vinho, transubstanciados em Corpo e Sangue de Jesus, que serão, para suas mentes e corações, escudos para a maldade, que fatalmente irá rondá-los e tentará absorver a pureza presentes em suas meninices. E mostrou, também, de maneira profícua, que a Eucaristia é o alimento, que saciará a debilidade de suas intenções perante o mundo.

Logo em seguida foram apresentados os símbolos do Batismo: a Cruz, a Água, o Óleo, as Vestes Brancas e o Círio Pascal (Fogo Sagrado, a luz de Cristo) que começou a incendiar, de forma belíssima, todas as velas, embaladas ao som de: Tu anseias, eu bem sei, por salvação/Tem desejos de banir a escuridão/Abre, pois, de par em par teu coração/E deixa a Luz do Céu entrar…

Dando seqüência o pão e o vinho já transubstanciados em Corpo e Sangue à mesa no banquete do Senhor, vai alimentando um a um (dos catequizandos), sempre, relampejados pelos flashes das dezenas de máquinas fotográficas.

Vale ressaltar o gesto belíssimo dos catequizandos, que na oferenda, doaram os presentes, que presentearão, no Natal, as crianças assistidas pela Pastoral da Criança.

Foi um momento belíssimo, que se perpetuará na lembrança de todos os presentes.

Parabéns aos Catequistas* que encabeçaram as turmas, que tiveram o encontro íntimo com Jesus Cristo na Comunhão, em duas espécies e, mais uma vez, ao Pe. Paulo Marcelo Daher, que conduziu mais este acontecimento de forma brilhante.

Louvados sejam: o Nosso Senhor Jesus Cristo e Nossa Maria Santíssima!

*Maria Dely, Lílian, Márcia, Célia, Rosângela, Giordânia, Elida, Maria Zezinha, Lígia.

 

Agradecimentos à Dinéia, Conceição, Marilac e aos demais, que pertencem à Família Catequista.

 

P/ João Bosco de Melo.

Dores de campos, 21 de novembro de 2010.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>